Com a função de medir e comparar a quantidade de luz e empregado em laboratórios para identificar e determinar a concentração que as substâncias absorvem da energia radiante que há em um solvente o espectrofotômetro está presente em várias áreas como a química, a física, a bioquímica e até na biologia molecular.

O espectrofotômetro é dono de uma fonte estável de energia radiante que normalmente é uma lâmpada incandescente, ainda tem um seletor de faixa espectral e um recipiente que é usado para colocar as amostras que serão analisadas, essas amostras devem estar em recipientes como cubetas e tubos de ensaio.  

A base da espectrofotometria consiste em quando um feixe de luz passa através de uma amostra e assim é feita a medição da luz que atinge o detector. O espectrofotômetro serve para comparar quantitativamente a fração de luz que passa da solução para fazer referência em uma solução de teste.