A autoclave e a estufa são equipamentos de laboratório utilizados na esterilização de materiais para laboratório. Este procedimento é importantíssimo, pois, é responsável por eliminar toda a vida microbiana das peças, ou seja, acaba com a possibilidade de contaminação por bactérias, vírus e microrganismos, também evitando a transmissão de doenças como hepatites, HIV e micoses.

 A diferença entre os dois procedimentos é que um acontece por meio de calor seco e outro usa calor, pressão e umidade. A escolha do equipamento é feita de acordo com os tipos de materiais de laboratório que serão esterilizados, já que se indica o uso da estufa de esterilização apenas para a assepsia de materiais fabricados em aço inoxidável.

Estufa de esterilização

Existem alguns tipos de estufas de esterilização, cada uma com características específicas voltadas a determinadas áreas. A função deste equipamento é fazer a esterilização e secagem de materiais cirúrgicos, médicos e odontológicos, por meio do calor seco. Neste tipo de assepsia promove a eliminação da vida microbiana por meio de uma oxidação, em que acontece a desidratação das células.

Autoclave

A esterilização por autoclaves é feita através da ação do calor úmido e pressão. Este processo também elimina a vida microbiana e evita a contaminação por microrganismos e bactérias. Ao comprar uma autoclave, é importante considerar qual será a aplicação deste equipamento de laboratório. De modo geral, existem produtos que não podem passar por autoclaves por conta do material não ser resistente a umidade.