A placa de petri é um recipiente cilíndrico, achatado de vidro ou plástico utilizado para cultura de micróbios constituídos por duas partes uma base e uma tampa, as mais modernas podem vir dotadas de anéis que seguram a tampa à base, quando empilhadas, de forma a evitar que ocorram deslizamentos.

Em laboratórios de microbiologia e rotinas de bacteriologia as placas de petri são usadas para a identificação de microorganismos.

Para ser usada enche-se a placa de petri com um caldo líquido de Agar onde há mistura de nutrientes, sais e aminoácidos.

A placa de petri é fabricada em poliestireno com alto grau de transparência, são colocadas em embalagens contendo dez unidades sendo esterilizadas por raio gama.  Aderem de forma mais homogenia ao meio de cultura que será distribuído na placa, sendo assim a rotina do usuário é facilitado para a identificação das bactérias.

Além do uso com o Agar a placa de petri serve para observar a germinação das plantas e dos grãos de pólen.

A indicação é que após o uso as placas de petri de plástico com culturas, bem como qualquer outro material de plástico utilizado devem ser colocados em sacos de plástico e enviadas para incineração.